O DIGNÍSSIMO GOVERNADOR DR. CARALHO RAMOS

Excelentíssimos bits informacionais, caros leitores, meretríssimos membros da bancada evangélica, demaisíssimos constituintes da sociedade civil, contar-vos-ei, nestas mal fadadas linhas, neste dia de nosso penhor – moral –, sobre uma aberração política – olho o entorno, sobrancelhas erguidas, tantas ondas, um mar negro – Sim, caros, uma aberração, como qualquer outra… não, esperem, isto não vai bem, ou vai? – mar revolto, imprevisível – Digo que é único, como sois vós! – tempestade tropical, fastidioso – Um homem íntegro… como vós. – calmaria, lagoa serena, desfastio, previsível.

Pois, não me prolongo. Venho falar do digníssimo governador doutor Caralho Ramos, um homem íntegro. Aquele homem é o alicerce ausente em nosso edifício e o aro apartado que faz capengar nossa bicicleta. O governador doutor Caralho Ramos zela pela tradição nestes tempos inconstantes de transição, enquanto fomenta o novo, a democratização e a propagação de ideários maleáveis. Vejam que íntegro, traja terno todos os dias. Vejam que revolucionário, veste gravata rosa.

O governador doutor Caralho Ramos é, antes de tudo, um filho da seleção canarinho. Como tal, emociona-se com sua pátria, vibra por sua pátria, vela com sua pátria. Nunca é para si, sempre é com sua pátria. Este homem-epítome-do-pindorama é o brasileiro radical, um homem caucasiano da terra-das-não-palmeiras onde não cantam como os de cá. Este homem-epítome-do-homem, ainda, chora, enlevado à melodia do hino nacional; quando descasca cebolas, debulha em lágrimas. Ontem mesmo faria presença em um movimento popular, não estivesse o céu tão nublado e as brisas tão geladas.

Como devem ter percebido Vossas Excelências – com isto me referi às cantigas, mas os ouvintes se apeteceram –, é o Doutor um clássico… como disse? Sim, claro, posso referir-me a ele pelo título completo. O governador doutor Caralho Ramos… melhor – , filho de uma –? Ótimo! é um clássico neo-esquerdo-destro, adepto do Estatal-liberalismo, portanto, filiado à Facção Democrática Progressista, cuja sigla fez-se amplamente divulgada desde sua confecção.

Aproveitando o comentário sobre popularidade, veja que o governador doutor Ramos adquiriu nova alcunha quando a população, em vista de suas iniciativas políticas e seu desempenho, tanto como vereador quanto como prefeito de Nepomuceno, bem como sua atual gestão enquanto governador do respectivo estado, espontaneamente propagou diversas vezes em passeatas o bom nome do Doutor. Não vistes a enorme mobilização popular em frente à Igreja Matriz? Carregavam em suas línguas e bradavam de seus pulmões os lemas  “Vai votar em F.D.P.!” e “Caralho, Ramos!” Assim ficou conhecido o governador doutor Caralho Ramos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s